terça-feira, 19 de abril de 2016

“Que cabelo tão grande. Que egoísta, devias doá-lo!”

Normalmente prefiro usar o Facebook para partilhar coisas bonitas, mas hoje estou zangada. E não é a primeira vez que falo disto, mas cá vai.
Porque raio há tanta gente que, quando vê alguém com cabelo extra longo, decide achar-se no direito de dizer a essa pessoa que deveria doá-lo? E pior, que é egoísta por não o fazer.
DESCULPEM????
Desde quando se tornou aceitável exigir a um estranho uma medida de caridade? Desde quando se tornou normal opinar sobre a remoção de uma parte corporal de alguém? Desde quando é correto acusar uma pessoa de egoísmo por não querer ceder voluntariamente algo que é importante para si, que é parte da sua identidade, que tem custos, que dá trabalho e tem valor sentimental, quando os próprios indivíduos que proferem tal acusação também nunca cederam nada igual?
O facto de possuirmos uma coisa que faz naturalmente parte de nós, ou que conseguimos adquirir com o nosso esforço e trabalho, NÃO nos coloca automaticamente no dever de a oferecermos. E ninguém tem o direito de nos oprimir e nos insultar por isso.
Perguntar a alguém com cabelo longo porque é que não o doa faz tanto sentido como pressionar alguém desta forma:
- Tens dois rins, sabias? Devias doar um, porque há muita gente a precisar e tu vivias bem sem ele. Que egoísta!
- Tens 4 filhos, e há tantos casais que não conseguem procriar por problemas de saúde, e tu facilmente consegues fazer mais. Que egoísta que és, podias muito bem doar um filho.
- Tens 3 carros na garagem e só consegues andar com um de cada vez, ao passo que eu sou pobre e nem um consigo comprar. Bem que me podias dar um dos teus carros, egoísta!
- Tens um couro cabeludo saudável e cabelo forte, porque não passas anos e anos da tua vida a investir no teu cabelo para ele crescer saudável até ter mais de 1 metro de comprimento, para depois o doares? Podias fazer isso mas escolhes manter o cabelo curto só porque gostas dele assim, que egoísta!
Parece-vos razoável dizer uma coisa destas a alguém? Não? Boa, então pensem duas vezes antes de sugerirem a um estranho de cabelo longo que ele deveria doá-lo.