terça-feira, 30 de outubro de 2012

Halloween meets real life

O Halloween é só amanhã, mas a minha história de terror já começou. Calha sempre bem uma facadinha quando andas demasiado feliz, só para não te esqueceres que a vida é uma merda mesmo. Não há histórias cor-de-rosa. Não há. Valham-me a dança e a música, para voltar a encontrar o chão quando mo tiram dos pés... E os amigos para me ajudarem a caminhar de novo sobre ele com alguma sanidade, claro. :)





[Imagem: Terpsícore, musa grega da dança e da música, mãe das sereias. Estátua de Antonio Canova.]